Faces da mesma moeda…

Posted: Sexta-feira, Fevereiro 15, 2008 in Pensamentos

cravobranco-copy.jpg

Hoje estou muito emotiva… e não, não estou com a TPM (Tensão Pré-Mestrual).
Hoje sinto-me rejuvenescida, mas não é fisicamente, porque quanto a isso sinto-me verdadeiramente cansada e com sono derivada às poucas horas de sono que me acompanham há uns meses.

Nunca um dia dos Namorados tivera tanto sentido para mim. Nem sei como por isto por palavras pois é tão pessoal e intimista que no medo que querer partilhar ainda caí no rídiculo. Que se lixe! (penso)

Este dia tão famoso por ser o dia dos casais é aquele em que os namorados(as) gastam dinheiro a comprar flores, chocolates e corações para a sua cara metade. Para mim não é mais do que um dia consumista liderado por uma política capitalista e egoista.

Por tanto, já há quatro anos que no dia 14 de Fevereiro (tendo eu namorado ou não) reúno um grupo de amigos e organizo um “jantareu”. O que se tornou quase tradição e engraçado, quando vamos para restaurantes onde estão casalinhos apaixonados, vestidos exageradamente para um final de noite num dia de semana igual a todos os outros, e entramos nós cheios de boas energias e preparados para a galhofa.

Mas este ano foi diferente, reuni o pessoal lá em casa. Esparguete à bolonhesa feito pela Poquinha, um Porta da Ravessa para a massa a ir para baixo, um geladinho confeccionado pelo LIDL e um Salame do grande mestre AUCHAN. Muita gargalhada e boas recordações fizeram daquele banquete um manjar dos deuses.

Quando acabou o jantar… e devolvendo o Áureo e a Poca ao seu lar-doce-lar, ficamos sós. E quando já nada poderia esperar, até porque não há nada alusivo ao Dia dos Namorados que aprecie, ao chegar a casa sou impedida de entrar por um sorriso maroto.

Fiquei à porta… aguardei e congelei!

Abriu-me a porta fechou-me os olhos e encaminhou-me para o único sítio onde somos só nós os dois. Ao abrir os olhos nada poderia ter tornado aquele momento tão perfeito!

Não podia acreditar no que os meus olhos viam… estava bonito, cheiroso, doce, alegre e até mesmo romântico!

Ok estava mesmo romântico! Fiquei especada em estado de choque… tudo aquilo tinha sido feito para MIM.

Nas minhas outras relações sempre fiz questão de frizar que não achava o 14 de Fevereiro nada romântigo, que não gostava de rosas, muito menos de corações e odeio chocolates, portanto passava o dia dos Namorados como um dia qualquer em que havia sempre alguém (inclusivé o namorado) que oferecia uma rosa… porquê!? Esquecimento de certeza!!!

Mas o Miguel não… ele não desistiu de me surpreender e de tornar este dia bem diferente dos últimos 24 dias dos Namorados. Montou um cenário de sonho, simples e harmoniozo, há que dizer que a banda sonoro não poderia ser melhor, contou com She Wants Revenge, Interpol, The Editors e Mr. Bungle.

Fiquei ,mesmo parada a olhar para tamanha delicadeza. Tenho a sensação que aquele momento me marcou para o resto da vida. É num momento destes que compreendo que as coisas que sempre acreditei existem, que há esperança nos ideais dos Homens e que nem tudo é mau, há que saber sair por cima!

É no olhar dele que me encontro, é nas suas mãos que me protejo. Não posso explicar as coisas que senti ontem.

São novidades para mim!! O silêncio é maravilhoso, o ruído é brutal… enfim, temo parecer tola!

Estou a 30 quilómetros da sua beira… e sinto que não estou aqui! Que continuo lá… deitada bem juntinho do seu corpo.

Ok…

Beijocas a todos e desculpem este rasgo de romantismo!!

Ahhh!! Tive direito a cravos… CRAVOS!!!

Comentários
  1. Brighton diz:

    Não tens que pedir desculpa a ninguém pelo romantismo,só tens que agradecer a ti própria pela pessoa que és.És tu que me fazes sentir romantico,tudo o que faço é porque te Amo da mesma maneira,sinto da mesma maneira,beijo da mesma maneira,toco da mesma maneira…que tu.Somos energias iguais.Agradeço-te pelo ser que sou hoje.

    Beijos do teu…
    Luís Brighton

    PS:Para quem não sabe,Rosas Vermelhas significa Morte,Cravos Brancos significam Pureza do Amor.

  2. Nadir diz:

    Oi🙂 Vim cá parar num deambular mas gostei de cá estar :p
    Tenho pena que tenham sido tão escassas as oportunidades de nos conhecermos mas quem sabe as voltas que a vida dá. Fico feliz por estares feliz🙂 Obrigado pela energia =)
    Um beijinho
    Ana Rita (antes-quase-prima emprestada- e tal e tal)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s