Arquivo de Março, 2008

Frase da semana passada

Posted: Quarta-feira, Março 19, 2008 in Amigos, Para Rir
Etiquetas:

Para que todas se lembrem:

“Uma mulher deve ser uma lady à mesa e uma Put@ na cama”

Anónimo (LOLOLOLOLOLOL)

Anúncios

Bienvenido Dutcha

Posted: Quarta-feira, Março 19, 2008 in Fotografias

Dutsha

Este é o DUTSHA (trd. em Russo quer dizer “filho de estrela”) , porque  mãe dele chama-se Estrela e é o novo membro do Clã Brighton.
A avó materna é um Husky e o pai é um Golden Retreiver, nasceu no passado dia 10 de Fevereiro e é Aquariano. Foi adoptado por uma família estupenda que lhe vai dar imenso amor e carinho. 

Dutsha

Zara – Abuso

Posted: Quarta-feira, Março 19, 2008 in Outros

2006_08_zara-thumb.jpg

Festival T

Posted: Terça-feira, Março 18, 2008 in Amigos, Teatro
Etiquetas:

 Integrado no Festival T – Festival Internacional do Teatro de Albufeira, o Grupo Os Guizos apresentam duas estreias neste mês dedicado ao Teatro. O Festival T é uma organização conjunta d’Os Guizos e Cénico Quatro Ventos, com o apoio da Câmara Municipal de Albufeira e Centro Comunitário de Paderne.

 

“Dulce, a doce – ou a impossibilidade do teatro” e “O Pastorinho amoroso – Fernando Pessoa para crianças”

 

Uma das peças, dirigida ao público com mais de 12 anos, é Dulce, a doce – ou a impossibilidade do teatro. Trata-se de um monólogo “didáctico”, com regras e excepções, onde o processo do fazer teatro é constantemente posto em causa por uma velha actriz, assim como todos os elementos que integram um trabalho dramático.

 Dulce a doce

Dulce, a doce, rodeia-se de bonecos para renascer através deles em cada acto, parecendo querer reinventar também a própria arte do teatro e o conceito de actor e de encenador. É que quer a memória de Dulce, quer a do teatro, estão mortas – e ela vê-se na eminência do esvaziamento das paixões.

De todos esses bonecos – e marionetas feitas de panos sujos e ensanguentados -, há um que se destaca. Parece ser a figura da encenadora de Dulce, como se se tratasse da “imagem degenerada de um Deus”, mas que também pode ser a sombra que sempre perseguiu a actriz. Por isso, Dulce, a doce, cometeu um crime. Um monólogo a não perder, que promete revelar um novo talento ao nível da interpretação cénica.

 Dulce a doce

A estreia está marcada para 25 de Março, no Auditório Municipal de Albufeira, às 21h30; repete a 5 de Abril no Centro Comunitário de Paderne, à mesma hora. Conta com texto e encenação de Luísa Monteiro e interpretação de Inês Colaço.

 

A outra peça é O Pastorinho amoroso – Fernando Pessoa para crianças. Encenado como se fosse um jogo dramático onde se espelha a divinização da infância, não faltam ovelhinhas, guizos e balões pelo palco. O guardador do rebanho revela-se um verdadeiro apreciador de caramelos.

Pastorinho Amoroso 

A ideia de elaborar com versos dos heterónimos pessoanos um texto dramático onde eles surjam no seu estado de crianças, surgiu pelo facto de Caeiro ser o “menino-mestre” de Pessoa e Mestre de Campos e de Reis; por outro, resulta da abundância de referências à infância em toda a obra de Fernando Pessoa.

Quatro actores dão corpo ora ao rebanho, ora aos heterónimos pessoanos na versão da infância. Mas Fernando Pessoa também aparece para anunciar gelados, chocolates e outras iguarias de “confeitaria” (o equivalente a todas as religiões do mundo).

A Oféliazinha também por lá anda, mas sob a forma de ovelhinha cor-de-rosa. Como se sabe, por não suportar assumir a sua própria imagem é que Pessoa se fazia representar junto de Ofélia ora por essa máscara da infância a que chamava Íbis, bonito, feliz e sorridente, ora pelo Engenheiro Álvaro de Campos, que, apesar de ser fisicamente parecido com Pessoa, disfarçava a sua timidez sob uma máscara de desinibida arrogância.

Pastorinho amoroso

A encenação e dramaturgia está a cargo de Luísa Monteiro a partir de textos de Fernando Pessoa, Ricardo reis, Alberto Caeiro, Álvaro de campos e Teresa Rita Lopes, e conta com as interpretações de Isabel Carvalho, Isabel Machadinho, Inês Colaço e Miguel Martinho. Para ver, nas tardes dos Domingos de 30 de Março (Auditório Municipal de Albufeira) e 6 de Abril (Centro Comunitário de Paderne), a partir das 15h30.

 

Mais informações: guizos@iol.pt  

         961875304 ou 963261309

She Wants Revenge

Posted: Segunda-feira, Março 17, 2008 in Música, Videos

Red Flags And Long Nights 

Sick of trying to find a way inside
Sick and tired of all the after
Sick of trying ot find a way to slide
Even though it always ends in laughter
Its never hard to tell when things are done
She looked into my eyes and a voice said RUN
She says that im a mess but its alright
Whether its 2 weeks, 2 years or just tonight

You can occupy my every sigh,
you can rent a space inside my mind
At least untill the price becomes too? HIGH

I can find a reason that we should quit
I can find a reason to do it
I can find excuses for all my shit
She tells me just to work right through it

Shes pretty and I like her but shes too well
Cuz I need red flags and long nights and she can tell
Its not that its my fault its just my style
Beginning with a look and then a smile

You can occupy my every sigh,
you can rent a space inside my mind
At least untill the price becomes too ? HIGH

She don’t need a thing, she don?t need saving or a lay
Shes got all the friends around and you can hear them say:
Hes not into you hes into the idea of?
But little do they know that shes not through

You can occupy my every sigh,
you can rent a space inside my mind
At least untill the price becomes too ? HIGH

(mais…)

Comercial Homens VS Mulheres

Posted: Segunda-feira, Março 17, 2008 in Publicidade, Videos

Está muito giro… mas as mulheres também têm outros objectos mais agressivos, como os secadores, as depiladoras, o enrolador de pestanas, entre outros.

 😛

Ana Coelho

Uma Verdade Inconveniente

Posted: Sexta-feira, Março 14, 2008 in Pensamentos, Publicações, Videos

Nunca simpatizei muito com Americanos, muito menos com aqueles

que governam ou pretendem governar,

mas ontem tive acesso ao documentário “An Inconveniet Truth”

de Al Gore e achei que consegue

sensibilizar as massas pois trata um tema, a meu ver, importante

e que precisa de um intervenção rápida de todos.

O que interessa neste tema, sobre a

salvação do Planeta, não é ser uma questão política mas sim ser

uma questão que deve interessar a todos.

Aqui ficam alguns videos interessantes

O Mundo conta connosco