Arquivo de Novembro, 2008

Mercury Rev – Aula Magna

Posted: Sexta-feira, Novembro 28, 2008 in Concertos, Eventos, Música, Videos

Foi um maravilhoso concerto… obrigado amigas

Frase para o final de Novembro

Posted: Quinta-feira, Novembro 27, 2008 in Pensamentos
Etiquetas:,

Ao chegar o fim do ano,

saudemos aquele que veio ao mundo

só para nos
salvar:


o subsídio de Natal…”

NUDE – Radiohead

Posted: Quinta-feira, Novembro 27, 2008 in Amigos, Música, Videos
Etiquetas:, ,

Adoro quando o pessoal manda contributos, aqui fica o da Maria José, para quem foi ver a peça de Teatro o Homem Sem Rumo, no Teatro Comuna.

Para quem não foi, oiçam a boa banda sonora que perderam!

Don’t get any big ideas
They’re not gonna happen
You paint your smile
And fill the holes
There’ll be something missing
Just when you found it
It’s gone
Just when you feel it
You don’t
It’s gone forever

She stands stark naked
And she beckons you to bed
Don’t go, you’ll only want
To come back again

So don’t get any big ideas
They’re not gonna happen
You’ll go to Hell
For what your
Dirty mind is thinking

And now that you found it
It’s gone
Now that you feel it
You don’t
It’s gone forever

AAAAAAAAAAIIIIIIIIIIIII

Posted: Quarta-feira, Novembro 26, 2008 in Pensamentos

Está um frio do CATANO!

Pago eu!

Posted: Terça-feira, Novembro 25, 2008 in Fotografias, Pensamentos

dsc_1636

Está um final de tarde terrivel, cinzento… diria mesmo horroroso!

Tudo se orna fastidiante quando estamos assim… com os pés frios!

O gelo vai da base até à ponta dos cabelos, e na verdade só apetecia estar sentada ao balção de um bar pedir uma rodada destas bebidas toda para aquecer!

E assim ficava tudo mais quentinho! A cabeça perdia barreiras e o coração falaria mais do que consentiria!

Desabafo…

Ana Coelho

Breed

Posted: Terça-feira, Novembro 25, 2008 in Música, Videos
Etiquetas:,

Um pouco como me sinto hoje:

I don't care...
Care if I'm old
I don't mind...
Mind, don't have a mind
Get away...
Away from your home
I'm afraid...
Afraid of a ghost

Even if you have
Even if you need
I don't mean to stare
We don't have to breed
We can plant a house
We can build a tree
I don't even care
We could have all three
She said..

O que precisava escutar

Posted: Segunda-feira, Novembro 24, 2008 in Amigos, Pensamentos, Videos
Etiquetas:

Recebi um email da Maria José à dias e ainda não o tinha visto. De alguma forma andava a evitar vê-lo, pois vindo esta mensagem desta remetente estava um pouco com medo do que viria em anexo, aliás explico o medo. É que ultimamen temos falado de coisas muito profundas!!!

Tenho andado imensamente sensivel, as coisas não têm sido fáceis de todo. Não está a ser fácil lidar com a ausência do meu cãozinho, faz-me muita falta e desperta em mim uma sensação de incapacidade enorme.

Sinto que perdi a sorte, não sei bem como explicar isto, nem vou me preender em tentativas frustradas de o fazer, apenas posso descrever e testemunhar que uma parte de mim ficou no dia 07 de Outubro algures perdido no tempo e no espaço. Desde esse dia que me sinto acorrentada a medos e tormentas que temo não passarem facilmente e às quais não consigo encarrar de ânimo leve.

Vale-me a família (pelo menos aquela que considero como tal) para me dar alento e coragem para os próximos dias e os amigos, com quem conto indiscutivelmente para me apaziguarem a solidão.

Contudo, como disse não tem sido nada fácil. Ainda mais quando se entra naquela fase de, não só sentimos que perdemos quem amamos como também, tudo se avaria.

Avariou-se o carro, agora é o meu PC portátil que está a contrariar os poucos conhecimentos informáticos que possuo. Enfim… dá vontade de fazer como os ursos que hibernam até passar o temporal.

Pois é o que sinto que estou no meio de um temporal, onde tudo ameaça ceder principalmente o meu lado psicológico.

Mas enfim, retomando ao que me fez escrever este post, o email da Maria José, mexeu cá dentro. Abalou uma parte da minha descrença e fez-me pensar!

Olhar para mim, olhar para trás e “ligar os pontos” (vejam o video e descodifiquem).

Sei que não é fácil, nunca ninguem disse que o seria, sei que está nas minhas mãos a minha vida e o caminho que ela segue, assim como a vossa vida está nas vossas.

Sempre acreditei que estamos cá para nos tornarmos melhores pessoas e este video relembrou-me disso, pois desconfiava que depois de uma perda era quase impossivel para mim ser uma pessoa melhor depois de perder uma das melhores partes da minha vida.

Deixo-vos aqui a mensagem e um profundo obrigado a Maria José pela mensagem que, acho que de forma consciênte, sabia que seria um click na minha vida! Obrigado!

Ana Coelho