Með suð í eyrum við spilum endalaust – ‘Ca Granda Concerto!’

Posted: Quarta-feira, Novembro 12, 2008 in Concertos, Eventos, Música, Videos
Tags: , ,

“Með suð í eyrum við spilum endalaust” significa “com um ruído nos ouvidos, tocamos incessantemente”

Entramos de repente, surgem as palmas e o concerto começa.

Foi assim que se iniciou o espectáculo para nós que estávamos na galeria 14 do Campo Pequeno. Nada mais nada menos preparados para assistir a tudo, mas a tudo mesmo que Sigur’rós quisessem nos dar e disto apenas posso citar o pessoal que no fim apenas conseguia dizer “Ca granda Concerto!”

Combinamos às 20h da noite, 19h horas no Arquipélago da Madeira, em minha casa para seguirmos para o Campo Pequeno. Fomos o caminho todo a aparvalhar até termos de encontrar estacionamento.

Depois de parado o carro seguimos direitos ao recinto, a Sílvia encontrou-nos a meio do caminho e a Sónia (para variar) tinha sido a primeira a chegar, com a Susana que se encontrava de muletas. É o que dá armarmo-nos em Cristiano Ronaldo.

1A fila para entrar era enorme, nas parecia rápida e lá nos apressamos a arranjar um lugar – mesmo no fim da fila. A espera para além de não ser demorada ainda era acompanhada pelo cheiro estaziante de pipocas que vinha das grelhas do chão, provavelmente dos cinemas.

A poucos minutos de picarmos o bilhete para entrar aconteceu o PIOR! A Poca não sabia do raio do ingresso, despejou a mala no chão e naquele momento foi um autêntico murro no estômago para qualquer um.

Decidida e irritada a Poca resolve ir a casa… “só lá poderia estar” dizia ela! Eram 20h45, o concerto começava as nove com uma banda e só por volta das 22h é que Sigur’rós subiriam a palco.

A desgraçada não me deixou ir com ela! Compreendo! (Mas para a próxima lixas-te porque vou contigo quer queiras quer não).

A verdade é que entramos sem ela e fomos levados para um camarote, à conta da Susana que estava incapaz de estar em pé duas horas.

2

Aquela hora parecia não terminar nunca… a minha aflição e tristeza encapacitou-me de dar 5 minutos de atenção à banda anterior aos Islandeses. Eles eram os For a Minor Reflection, também islandeses.

Fui duas vezes à casa-de-banho, fui buscar cerveja… andei de um lado para o outro, sempre de telemóvel na mão e a imaginar que a Poca estaria no carro a caminho de Almada, segundo ela “com pressa mas com cuidado” num autêntico estado de nervos e a desejar que o bilhete estivesse em qualquer sitio possível de encontrar.

As 21h37 recebi uma mensagem da Poca que dizia simplesmente: “Encontrei o bilhete vou sair agora de casa”, de repente a esperança voltava aos corações de quem queria que aquilo não tivesse de modo algum acontecido!

Poucos minutos para as 22h, a Poca chega à Praça de Touros… corro para a porta feita doida, pois tinha que a ir buscar se não ela não adivinharia onde estávamos.

“Ai c@r@lha!” pensava eu enquanto descia de repente as escadas na sua direcção, oiço um “tellliiiimmm”… “Ah o elevador, boa!” fui ao seu encontro estava a fechar a porta. Um casal que estava dentro do elevador dentro riu-se. Quando olhei para os botões3 vi que ia subir e disse “epá vão subir… eu quero ir para baixo” ao que me responde o rapaz “não há mais para baixo”.

Fez-se um silêncio horroroso… ” Fod@-se! Já estou no último piso!!!” Carreguei no botão mas agora para abrir a porta. O jovens acharam que eu era completamente maluca, aliás até eu naquele momento desconfiei que tinha pirado de vez. Saio à porta encontro a Poca subimos as escadasas e…

... entramos de repente, surgem as palmas e o concerto começa.

Cerca de 8.500 pessoas estavam ali completamente deslumbradas e absorvidas pelo arco de violoncelo que deslizava na guitarra eléctrica de Jon Thor Birgisson, que cantava ora em islandês ora em «hopelandic».

“Hopelandic” para quem não sabe é uma língua inventada, que foi interpretada em várias músicas algumas já conhecidas outras do novo álbum. A verdade é que era imensa a energia que emanava no meio do público. Sentia o meu corpo a arrepiar-se e a desejar que imensas pessoas, de quem eu gosto, estivessem também ali a assistir aquilo tudo.

Foi sem dúvida um grande espectáculo. Inigualável!

Para quem não teve a oportunidade não perca uma próxima, mas confirmem antes de sair de casa se realmente têm o bilhete.

Beijocas a todos

P.S.- Rui foi bastante importante para mim assistir a este concerto contigo, pois ajuda a ampliar todo o tipo de emoções que Sigur’rós consegue trazer para dentro de nós! Adoro-te danado!

Comentários
  1. Sónia Dias diz:

    Foi mágico. Esta foi a forma como eu o descrevi à Pat Maya:

    “O concerto de Sigur Rós foi LINDO!!! Mais uma vez eles presentearam-me com um dos concertos da minha vida. Completamente diferente do 1º, q foi no Coliseu, plateia sentada, com as Amiina (um quarteto de violinos e violoncelo) a acompanhá-los, música mto calma, comovente, quase etérea.. Desta vez fomos para um camarote, por sugestão da organização, devido ao pé da Susana, o q acabou por ser fantástico pq se via mto bem, o som era óptimo e estivemos sentados. Ontem eles deram um concerto mto poderoso, mto mais frenético, mesmo a “abrir”. Numa das músicas (“Gobbledigook”) o vocalista pediu às pessoas da plateia e camarotes q se levantassem e acompanhassem com palmas, entram no palco os membros da primeira banda com bombos e toda a gente bateu palmas ao longo da música toda. No fim estavamos todos maravilhados mas pacificados ao mesmo tempo, não sei como explicar. Mas digo-te uma coisa, eu acho q a música é um óptimo propulsor espiritual e esta é sem dúvida uma música capaz de nos transportar para um estado de nirvana, de ascese, algo do género… Devias ter ido!”

    Ainda bem q não perdemos este Ana. Da próxima vez q hesitarmos na compra de bilhetes para concertos temos de nos lembrar da sensação q eles nos deixam e tentar poupar noutras coisas (não sei onde, mas enfim…) e comprar logo, logo o bilhete. Isto aconteceu-me com REM no Pav. Atlântico, quase não comprava bilhete e o concerto foi mto bom. Não quer isto dizer q tenha hesitado em comprar bilhete para o concerto de Sigur Rós, fi-lo a 17 de Setembro, mas estava com as expectativas mto baixas pq conheço melhor os dois 1ºs albuns, o concerto deles no Coliseu foi tão bom q pensei q não poderiam fazer melhor. Fui completamente surpreendida! Ficam os dois no ranking dos melhores concertos a q já assiti.

    Beijos,
    Sónia

  2. Sónia Dias diz:

    Ah… E além da reportagem tb conseguiste fotos mto fixes😉

  3. Como eu compreendo a Poca…há dias em que não é possivel fujir a estas coisas.

  4. Sónia Dias diz:

    É pena o vídeo ter tão pouca qualidade. Descobri isto: http://www.youtube.com/watch?v=34ZtT4Th9Ys Um vídeo censurado nalguns países por abordar o amor homossexual entre dois rapazes, está mto bom. Tb gosto mto deste q tb foi censurado nalguns países: http://www.youtube.com/watch?v=eJuDE8heHRI A parte em q escrevem sobre a pele faz lembrar e “tha PillowBook”.

  5. SusieQ diz:

    Dois pormenores: eu é mais Rui Costa (fã incondicional) e…foi mais à pala do tornozelo.🙂 Podia ter composto mais o fato e ter arranjado o barrete vermelho e o cachimbo, qual saci, mas já dá muito trabalho ter de andar de muletas ou ao pé cochinho.

    Mas não era isso de certeza, que me iria impedir de participar na experiência Sigur Rós!… O concerto foi magnífico! E concordo com a vontade de partilhar a energia ali sentida. Quando estamos perante as coisas mais belas e que nos envolvem de bons sentimentos, é normal ter vontade de desejar ter ali as pessoas,, também belas, da nossa vida!

    Foi uma ar fresquinho da Islândia que lhes deu… 😉

  6. Inês Gonçalves diz:

    Ai ai, essa gaja – “Poca”, não é? – que deixou o bilhete em casa deve ser mas é uma gaaaaanda maluca, llllllloooooooooollllllllll!!!!

    Eh pá, só mesmo comigo… mas desta vez não fui eu que eme esqueci, foi o bilhete que fugiu do envelope da FNAC! Bolas…

    Peripécias à parte… CA’GANDA CONCEEEEEEEEEEEEERTO!!!!!!!!!!

    Enfim, afinal de contas, foi mais uma loucura que partilhámos… e esquece lá isso, e não te ia deixar vir comigo a casa, tu não tiveste culpa e não tinhas de te arriscar a perder parte deste concerto maravilhoso por causa de um envelope manhoso, lol…~

    Beijos!

    Poca

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s