Tentar, para crescer e talvez melhorar!

Posted: Segunda-feira, Julho 13, 2009 in Amigos, Pensamentos

Recordo-me deste tempo

Recordo-me deste tempo

Passaram anos deste que odiava ir para a escola!

Desde que recebi em casa as recomendações dos professores que punham minha mãe a chorar rios por ser sempre tão indisciplinada!

Recordo-me das afirmações dos professores que diziam que “A Ana tem de modificar a sua atitude de enfado” (LOLOLOL)

Pois é verdade!

Este fim-de-semana foi sem dúvida marcante…

Reencontrar pessoas como a Professora Conceição Covaneiro fez com que me relembra-se de tempos de muita felicidade, angústia e ansiedade.

Porque a maluquice é a minha maior arma

Porque a maluquice é a minha maior arma

Ir para a faculdade foi uma decisão pensada, ponderada e a mais inteligente da minha vida! Na altura estava completamente perdida… sem Norte e muito menos sem chão para poisar os pés.

Porque sentiu muitas vezes que não pertencia a este mundo!

Porque sentiu muitas vezes que não pertencia a este mundo!

Não sabia o que queria fazer ou ser, apenas achava que isso não importava para nada…

Um dia sábias palavras da minha mãe me fizeram ponderar sobre o meu futuro. Diguemos que esta não é realmente palavra que goste [futuro]. Talvez por cobardia ou ingenuidade, até mesmo por irresponsabilidade.

Custou mas foi! Secalhar não custou assim tanto!

Custou mas foi! Se calhar não custou assim tanto!

Lembro-me do primeiro dia que entrei no Instituto Piaget, do quanto achava que não ia ser feliz ali. De pensar que me sentia diferente de toda a gente, pois parecia que todos sabiam o que queriam… menos EU!

Recordo-me de não achar piada a nada e de estar apavorada, mas sempre com aquele meu ar de que tudo está bem…

Depois teve inicio o período mais extraordinário da minha vida!

As 'bubadeiras' (AI LARA LARA!)

As 'bubadeiras' (AI LARA LARA!)

Os amigos, as festas, as maluqueiras, as viagens e muito mas muito estudo.

Amigos do Coração (Porca da gaja que foi embora)

Amigos do Coração (Porca da gaja que foi embora)

Foi um caminho duro e ao mesmo tempo engraçado, que foi facilitado por todas as pessoas que me rodeiam.

Não suportava aqueles sapatos

Não suportava aqueles sapatos

Sempre a subir, sem desistir

Sempre a subir, sem desistir

eles nas mão”]Lá estão [sapatos] eles nas mão
A força vinha destes momentos

A força vinha destes momentos

Únicas vezes que o traje viu água!

Únicas vezes que o traje viu água!

Os momentos de estudo! EHEHEHHEH

Os momentos de estudo! EHEHEHHEH

Os copinchas!

Os copinchas!

As maluqueiras!

As maluqueiras!

Os caminhos estreitos! E a aventura!

Os caminhos estreitos! E a aventura!

O cansaço das viagens...

O cansaço das viagens...

Hoje estou a pensar tentar um mestrado…

Escolhinha aqui vou eu de novo!

Comentários
  1. acbelix diz:

    Sabes que és especial, sabes que estás sempre no meu coração, e se pensas-te em fazer o mestrado, então segue em frente que tu és capaz disso e de muito mais.
    Uma beijoca grande
    Miro

  2. Inês Gonçalves diz:

    Amiga, estou muuuuuuuito orgulhosa de ti… vais ser mais uma Abelha Mestra nesta Colmeia que é a Vida!!!😀

    E que o Futuro não te assuste, porque quando há força e amor ao que se faz no Presente, o Futuro é só a sua continuação natural…

    Beijocas!

  3. CAO VADIO diz:

    Sabes que vou estar lá sempre ao teu lado. Tenho muito orgulho em ti, do que já alcançaste e do que te propões a alcançar. Amo-te muito.

  4. Sónia Dias diz:

    Força miúda!!! Conta comigo!

    Beijos,
    Sónia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s